Please reload

Relatos de um Teacher Viajante: Mochilando pela Nova Zelândia

March 8, 2018

Aotearoa!

 

 

 

A Nova Zelândia é um lugar incrível, mas acho que todo mundo já sabe disso. Aos que já assistiram alguns dos filmes campeões de bilheteria como O Senhor dos Anéis e Harry Potter, os cenários paradisíacos são bastante familiares. Porém, muito antes desses filmes se quer existirem, eu já tinha um sonho, pouco provável e muito distante, de conhecer o país carinhosamente apelidado de Nárnia.

De tantos motivos para viajar, entrar em contato com a natureza foi sem dúvida o maior deles. 95% do país é apenas natureza deixando o restante para cidades e consequentemente pessoas. A Nova Zelândia tem uma população média de 4,5 milhões de habitantes, o qual mais de um milhão vive em Auckland, a maior cidade do país. O restante da população fica dividida entre as ilhas Norte e Sul sendo que a grande maioria das cidades não chega a ter 300 mil pessoas. Quer um motivo melhor para escolher a Nova Zelândia? Pois bem...

Quando eu cresci e comecei a trabalhar vi que viajar poderia realmente se tornar viável. Porém a Nova Zelândia é um país caro – ainda mais para quem tem o Real como moeda. A passagem estava sempre em torno de R$6.000 e para cada mês que se fosse ficar no país você teria que ter uma reserva de pelo menos NZ$1,000 (equivalente a quase R$ 3.000 na época). Quando vi que esse sonho ficaria muito distante, comecei a pensar em formas de não apenas juntar uma grana, mas também de tornar a minha viagem mais viável. Foi aí que descobri o quão maravilhoso é esse país e está aí um bom motivo para querer ir para lá!

A Nova Zelândia é um dos países mais seguros para se viver. Os índices de violência são mínimos e é possível dormir com as janelas abertas – dependendo a região por causa do frio - ou até mesmo não ficar tão preocupado ao perder sua carteira em algum lugar; as chances de alguém lhe devolver com tudo dentro são enormes. A violência é tão anormal que os policiais não andam armados por lá e são bastante cordeais nas pequenas cidades.

 

 

 

Descobri que por lá o famoso ‘hitchhiking’ (pedir carona na estrada) é muito seguro e bastante fácil de se conseguir, o que lhe economiza um bom dinheiro com transporte[1]. Com isso também e com um pouco de uma boa conversa, você até consegue um lugar para dormir sem gastar nada ou ótimas indicações dos nativos que são sempre muito prestativos para nos ajudar!

Para quem gosta de aventuras e natureza, apesar de cuidado e bom senso serem essenciais, aventuras por lá são seguras pois existe uma infraestrutura riquíssima para auxiliar os aventureiros de plantão. Para quem ama se enfiar dentro do mato como eu, na Nova Zelândia não existem plantas ou animais venenosos o que te dá um pouco mais de coragem para um trekking mais sinistro. Sabe aquela história que por lá não existem cobras? É verdade! Não existem cobras na natureza Neo Zelandesa e mesmo as aranhas não te fazem mal algum.

Todas essas informações me deram mais coragem para optar por um novo estilo de viagem: O mochilão. Decidida e com pouco dinheiro, larguei tudo e fui para lá me aventurar. E só tem uma coisa que eu me arrependo – de não ter feito isso antes!

 

Semana que vem vou contar para vocês mais detalhes da viagem. Os momentos antes, durante e os primeiros dias em Nárnia. Qualquer dúvida que tiverem, deixem por aí nos comentários que ficarei feliz em ajudar!

Kite Koe!

 

 

 

[1] Estando por lá, descobri que mesmo o transporte é bastante em conta e é possível atravessar o país por apenas NZ$1,00. Mas isso eu explico num outro post! :)

Please reload

Please reload

   Speak One College

Horário de Funcionamento

Manhãs: 

Segunda a Sexta - 08:00 ás 12:00

Tardes & Noites: 

Segunda a Sexta - 13:30 às 22:00 - (47) 3034-6050

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

all rights reserved © speakonecollege.com.br 2019